Sobre a chave

terça-feira, 19 junho, 2007

Segunda vez que eu perco a chave, digo, segunda vez que alguém pegou minha chave por engano.
Acho melhor eu trocar o chaveiro genérico que veio na chave…

Segunda lista de matemática e segunda vez que eu não consigo terminá-la a tempo.

Segunda vez que eu posto hoje!

Anúncios

Momentaneamente com tempo

terça-feira, 19 junho, 2007

Perdi minha chave novamente. Sao pouco mais de 7 da manha, acabei de virar a noite resolvendo uma lista de matematica e agora estou preso fora do meu quarto, digitando – sem acentos – do computador tosco do bar do meu predio. Nao sei o que esta acontecendo comigo. Minha sorte foi pro saco. Segunda vez que eu perco minha chave, acho que perdi meu celular tambem (deve fazer umas duas semanas que eu nao vejo – eu simplesmente reparei que fazia tempo que eu nao pegava nele, comecei a procurar e nao achei), depois daquele drama com a robotran narrado no post anterior, lavei minhas roupas denovo e elas ficaram rosa (pelo menos eu nao tive tanto azar e nao tinha atolado a maquina de roupa como eu faco normalmente). E por ai vai…

Eu disse que perdi minha sorte pq acho que antes de vir pra ca eu tinha muita sorte. Por exemplo, consegui ser aprovado no exame para vir pra ca! A conclusao mais importante que eu tive aqui na Franca, eh que o processo seletivo da Polytechnique para estrangeiros eh falho. Prova por contra-exemplo: Eu.

A gente ja fez uma prova pratica de computacao. A nota so sai segunda, mas acredito que fui muito bem. Mas eu tinha a obrigacao de ir bem. Nao so por ter feito 3 anos de computacao na unicamp, mas porque eu vou ter que usar a nota de computacao pra compensar a desgraca que vai ser em matematica.

Bem… vou indo tomar o “cafe da manha” e tentar resolver a minha situacao.

Sem tempo

sexta-feira, 8 junho, 2007

Pessoal,
a situação está bem crítica. Não estou com tempo de escrever nada direito por aqui, e por isso acabo não escrevendo! Criei o flickr (link do lado), mas coincidentemente depois disso começei a tirar pouquíssimas fotos. Um exemplo disso foi o WEI. Não tirei nenhuma foto durante o final de semana inteiro, que por acaso, não comentei aqui, mas tirando a viagem de ~16 horas num ônibus apertado e quente, foi muito, muito bom mesmo!

Depois do WEI já aconteceu muita coisa… Já virei noite aqui tentando resolver lista de matemática e não consegui resolver inteira (e olha que era de dupla ainda). Teve o Point Gamma, uma festa clássica da Polytechnique, que não foi tão grande quanto eu imaginava nem quanto eles anunciavam. Durante o Point Gamma recebi minha primeira visita, o Ximenes (lá de Fortaleza) veio pra cá. Quem quiser vir, tá convidado :)

Tenho certeza que teve bem mais coisas mas, ainda bem, não estou lembrando agora (tô com pressa hehehe)… Para evitar deixar o blog no vácuo, vou tentar mudar o estilo dos posts. Pra começar eu queria xingar a robotran! Robotran é a empresa que tem umas máquinas de lavar aqui dentro. Sábado passado, de manhã, eu tentei levar quase todas as minhas roupas nas máquinas tradicionais, que são bem rápidas. Chegando lá, tinha uma quebrada, uma desligada (wtf!) e duas que uma mulher tinha começado a usar. Eu até podia ir em um outro prédio que tinha mais duas máquinas dessas, mas como eu tava com muito peso e eu precisava de duas máquinas pra lavar, achei melhor não arriscar. Fui em uma da duas máquinas “modernas” que tem aqui. É uma máquina em que você tem acesso apenas a um computador e uma portinha que abre pra você colocar a roupa. Lá dentro ela tem uma fila, e vai lavando tanque por tanque. O problema é que essas máquinas são tão confiáveis quanto o windows 98. Coloquei as roupas lá. Sábado a tarde, quando devia ter terminado de lavar, fui lá olhar a máquina tinha travado antes de começar a lavar minhas roupas. Depois a máquina voltou, com previsão pra terminar de lavar minhas coisas durante o Point Gamma. E terminou. No outro dia, depois do almoço vou lá pegar e… Travada denovo!! Acabei pegando quase meia noite do domingo, ainda tive que levar na máquina de secar, no final das contas, só cheguei em casa com as roupas no começo da segunda feira! (é, pra reclamar as palavras fluem mais facilmente!)